Maçonaria

maçonaria

A Maçonaria, Ordem Universal formada por homens de todas as raças, credos e nacionalidades, acolhidos por iniciação e congregados em Lojas, nas quais, por métodos ou meios racionais, auxiliados por símbolos e alegorias, estudam, e trabalham para a construção de uma Sociedade Humana; fundada no amor fraternal , na esperança de que com amor a Deus, à Pátria, à Família e ao Próximo, com tolerância, com virtude e com sabedoria, buscando sempre de maneira livre a investigação da verdade, aliada ao progresso do conhecimento humano, das ciências e das artes, sob a tríade: Liberdade, Igualdade e Fraternidade, dentro dos princípios da razão e da justiça, a fim de que o mundo alcance a felicidade geral e a paz universal.

Deste enunciado, pode-se abstrair que:

1. A Maçonaria proclama, desde a sua origem, a existência de um principio Criador, ao qual, em respeito a todas as religiões denomina Grande Arquiteto do Universo;

2. A Maçonaria não impõe limites à livre investigação da Verdade. Para garantir essa liberdade exige de todos a maior tolerância;

3. A Maçonaria é acessível aos homens de todas as classes e crenças, quer religiosas, quer políticas, excetuando-se aquelas que privem o homem da liberdade de consciência, restrinjam os direitos e a dignidade da pessoa humana, bem como aquelas que exijam submissão incondicional aos seus chefes, ou, ainda, privem o homem da liberdade de manifestação do pensamento;

4. A Maçonaria Simbólica se divide nos três graus universalmente reconhecidos e adotados – Aprendiz, Companheiro e Mestre;

5. A Maçonaria se constitui numa escola, que impõe os seguintes preceitos:     

A Maçonaria proíbe, expressamente, toda e qualquer discussão política ou religiosa, de caráter sectário, dentro dos seus templos.     

Obediência às leis do País;     

Viver segundo os ditames da honra;     

Praticar permanentemente a justiça;     

Amar ao próximo; e     

Trabalhar pela felicidade do gênero humano até conseguir sua emancipação progressiva e pacífica, através da justiça, de maneira que prevaleça fundamentalmente o respeito aos direitos alheios e o pleno cumprimento dos próprios deveres.

6.A Maçonaria proclama, também, os seguintes postulados:

   I. Amar a Deus, à Pátria, à Família e à Humanidade;  

  II .Exigir de seus membros boa reputação moral, cívica, social e familiar, pugnando pelo aperfeiçoamento e aprimoramento dos costumes;

III. Lutar pelo princípio da Eqüidade, dando a cada um o que for justo, de acordo com a capacidade, obras e méritos;

 IV. Combater todos os vícios;  

V. Considerar o trabalho lícito e digno como dever primordial do homem;

VI. Defender os Direitos e as garantias individuais;

VII. Exigir tolerância para com toda e qualquer forma de manifestação de consciência, de religião ou de filosofia, cujos objetivos sejam os de conquistar a Verdade, a Moral, a Paz e o Bem-Estar Social;

VIII. Os ensinamentos maçônicos induzem seus adeptos a se dedicarem à Felicidade de seus semelhantes, não somente porque a Razão e a Moral lhes Impõem tal obrigação, mas porque esse sentimento de solidariedade os fez filhos comuns do Universo e amigos de todos os seres humanos.

A Maçonaria é um grande ideal e um ideal nunca morre.